Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal

A Conciliação

Como saber se estamos perante um caso de Mediação ou de Conciliação

  • Para perceber se um problema é caso de conciliação ou de mediação devemos analisar alguns aspectos:
  • A grande diferença ao escolher entre a conciliação e a mediação reside na existência ou não de relacionamento entre as partes (família, comerciantes com um longo trabalho conjunto, relações laborais, relações de vizinhança, relações contratuais em que as partes desejam manter o relacionamento). A sua existência exige um trabalho de mediação e a sua ausência ou a existência de simples relacionamentos circunstanciais sem desejo de continuação ou aprofundamento (acidentes de viação, compra e venda de objectos, agressões entre desconhecidos) permitem a aplicação rápida e económica da conciliação.
  • Outra grande diferença é o tratamento superficial do conflito na conciliação, o qual é aprofundado na mediação.
  • Quanto aos seus resultados, podemos dizer que as diferenças residem num acordo parcialmente satisfatório na conciliação e totalmente satisfatório na mediação.

Resumindo: nos casos em que o objecto da disputa é exclusivamente material, não existe um relacionamento comum significativo ou contínuo entre as partes, que preferem acabar logo com o problema (ainda que o acordo não contemple todas as expectativas em jogo, a técnica de resolução de conflitos mais indicada é a conciliação, conduzida por um terceiro.

Paginas: 1 2