Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal

Protocolo com o Agrupamento de Escolas de Marvíla permite projecto de Mediação Escolar

Vai ter início, no próximo dia 7 de Outubro, o projecto de mediação escolar que o IMAP vai efectuar com o Agrupamento de Escolas de Marvila, composto por duas escolas do 1.º ciclo e uma escola dos 2.º e 3.º ciclos.

O nosso trabalho terá início com uma sensibilização aos órgãos dirigentes da escola (Director, Direcção, Coordenadores de Departamento) e decorrerá nos próximos dias 7, 13 e 20 de Outubro. Após esta sensibilização, avançaremos em Novembro para a 2.ª fase do projecto, na qual estão previstos encontros com professores, pessoal de acção educativa, comunidade ligada à escola e Associação de Pais.

 

As escolas são as seguintes:

  • Escola básica do 1.º ciclo Prof. Agostinho da Silva, composta por 90 alunos, 7 professores e 3 auxiliares de acção educativa;
  • Escola básica do 1.º ciclo Dr. João dos Santos, composta por 215 alunos, entre os quais 24 alunos de jardim-de-infância, 11 professores, uma educadora e 5 auxiliares de acção educativa.
  • Escola básica dos 2.º e 3.º ciclos de Marvila, composta por 474 alunos, 65 professores e 27 auxiliares de acção educativa.

 

A equipa do IMAP destinada a este projecto vai ser composta pelos mediadores por nós capacitados em Março deste ano. 

Um programa de Mediação Escolar implica que todos os elementos da comunidade educativa possam intervir de modo a serem ouvidos, numa mudança de cultura e de hábitos de resolução de conflitos.

Ao iniciar este trabalho em contexto escolar vamos procurar que seja fomentada a cooperação dentro da organização, que é definida por Morton Deutsch como a situação em que os objectivos dos indivíduos são estabelecidos de tal forma que para que o objectivo de um deles possa ser alcançado, todos os demais integrantes deverão igualmente alcançar os seus respectivos objectivos. Para que um beneficie, todos devem beneficiar.

2 Comentários a “Protocolo com o Agrupamento de Escolas de Marvíla permite projecto de Mediação Escolar”

  1. Maria João Salavessa diz:

    Sendo professora do ensino Básico acho esta iniciativa muito importante. Espero que encontrem receptividade dos adultos porque dos alunos certamente terão!

  2. maria helena malveiro diz:

    Boa tarde

    Sou professora do Ensino Básico e faço parte na minha escola de uma estrutura de orientação pedagógica NADI (núcleo de apoio à disciplina e integração). Pretendia que me informassem como posso ter formação na area da mediação escolar.
    Cumprimentos

    Helena Malveiro

Escreva um comentário