910583753 info@imap.pt

Curso de Mediação de Conflitos no âmbito dos Julgados de Paz_Outubro 2021 (B-Learning)

 

Objectivos

Pretende-se dotar os formandos dos conhecimentos elementares sobre a Mediação e a sua importância na abordagem pacífica da resolução de conflitos. Na formação da área da Mediação nos Julgados de Paz, as competências adquiridas pelos formandos vão permitir a aprendizagem e o desenvolvimento das técnicas necessárias que permitam detectar, prevenir e resolver situações de tensão e/ou de conflito no seio das relações interpessoais, procedendo com imparcialidade, independência e diligência.

 

Destinatários

Os candidatos deverão ser maiores de 25 anos e detentores de licenciatura. Caso algum candidato não reúna os requisitos, poderá a candidatura ser analisada e a decisão será tomada conjuntamente com o candidato.

 

Plano Curricular

Módulo I — Aspectos sociológicos. Aspectos psicológicos das pessoas envolvidas em conflitos

Objectivo: Levar à reflexão sobre a realidade psicossocial e os determinismos culturais. Partir do conceito de inter-relacionamento e apresentando as bases de equilíbrio e de satisfação como reguladoras dos inter-relacionamentos humanos.

 

Módulo II — Meios adequados de resolução de disputas

Objectivo: Possibilitar aos participantes uma visão integrada sobre os meios adequados de resolução de disputas como sejam a Arbitragem, a Negociação, a Conciliação e a Mediação. Reconhecimento das ideologias e objectivos de cada um deles segundo os parâmetros da imposição e da cooperação. A integração entre os Meios de Resolução complementar de conflito e o sistema judicial.

  1. O Sistema Judicial.
  2. Os Julgados de Paz
  3. Meios adequados de resolução de disputas:
  • 3.1. A arbitragem
  • 3.2. A negociação Cooperativa
  • 3.3. A conciliação
  • 3.4. A mediação
  • 3.5. Multiportas
  • 3.6. Mistos
  1. Vantagens e desvantagens na utilização destas metodologias.

 

Módulo III — Comunicação

Objectivo: Desenvolver os principais aspectos que fazem a comunicação humana, natureza e dificuldades, que permitam criar as bases da função facilitadora dos mediadores e possibilitar a tomada de consciência das principais dificuldades.

 

Módulo IV — Negociação cooperativa

Objectivo: Trabalhar os mais importantes procedimentos desenvolvidos pela escola de Negociação de Harvard para que os participantes possuam as ferramentas a utilizar em situações de impasse.

  1. Distinguir Posições e Interesses;
  2. Separar Pessoas de Problemas;
  3. A importância da utilização de valores e critérios objectivos;
  4. A criação de opções.

 

Módulo V — Introdução à mediação

Objectivo: Possibilitar aos participantes uma visão da mediação centrada nas pessoas, as suas vantagens e principais características.

  1. O que é a mediação
  • 1.1. Origem e fundamentos (Internacionais e Nacionais)
  • 1.2. Tipologia da mediação
  • 1.3. Espírito e filosofia da mediação
  • 1.4. As três principais escolas de Mediação:
  • 1.4.1. Escola de Harvard
  • 1.4.2. Modelo Circular-Narrativo
  • 1.4.3. Escola Transformadora

 

  1. Vantagens da mediação
  • 2.1. Princípios e características
  • 2.2. O lugar da mediação na sociedade: reconstrução de laços sociais

 

  1. Limites à mediação
  • 3.1. A Ética na Mediação
  • 3.2. O Código de Conduta Europeu
  • 3.3. As normativas Europeias sobre Mediação
  • 3.4. Visão global da Mediação em Portugal

 

Módulo VI — O mediador: ser e saber

Objectivo: Incutir aos participantes o perfil de mediador, clarificando o seu papel e as suas funções, exercitando os métodos e as técnicas inerentes ao processo de mediação, bem como a própria atitude do mediador enquanto elemento essencial no processo de mediação.

  1. Perfil do mediador
  • 1.1. Características e atitude
  1. Funções e papel do mediador

 

Módulo VII — A dinâmica da mediação adaptada ao contexto Julgados de Paz

Objectivo: Identificar e exercitar as diferentes etapas do processo de mediação através de simulações e casos práticos de modo a que os participantes saibam orientar e conduzir o desenrolar das sessões de mediação. 

  1. Etapas do processo de Mediação

A — Investigação

  • 1.1. Abertura
  • 1.2. Escuta activa
  • 1.3. Investigação dos interesses
  • 1.4. Resumos, Reformulação Positiva, Metáforas
  • 1.5. A importância das Emoções na Mediação

B — Administração

  • 1.6 A Agenda
  • 1.7. Criação de opções
  • 1.8. Avaliação e escolha das soluções
  • 1.9. Formalização do acordo
  1. Pré-Mediação

Módulo VIII — A Mediação nos Julgados de Paz

Objectivo: Fornecer elementos sobre a especificidade dos serviços de mediação nos Julgados de Paz.

 

Módulo IX — Campos de aplicação da Mediação

Objectivo: Fornecer elementos relativos à importância que a mediação pode ter na prevenção e resolução de tensões em vários campos da sociedade.

  1. Os terrenos da mediação
  • 1.1. Mediação familiar
  • 1.2. Mediação comercial
  • 1.3. Mediação organizacional
  • 1.4. Mediação no âmbito penal
  •  1.5. Mediação comunitária
  • 1.6. Mediação escolar
  • 1.7. Mediação laboral

 

Datas e Horário do Curso

Aulas em direto por videoconferência interativa (75 horas)

55 horas em plataforma Zoom + 20 horas de atividades fora da sala de aula

 

07 Outubro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

12 Outubro (terça-feira) – 18h30-21h00

14 Outubro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

19 Outubro (terça-feira) – 18h30-21h00

21 Outubro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

26 Outubro (terça-feira) – 18h30-21h00

28 Outubro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

02 Novembro (terça-feira) – 18h30-21h00

04 Novembro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

09 Novembro (terça-feira) – 18h30-21h00

11 Novembro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

15 Novembro (segunda-feira) – 18h30-21h00

16 Novembro (terça-feira) – 18h30-21h00

18 Novembro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

23 Novembro (terça-feira) – 18h30-21h00

25 Novembro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

30 Novembro (terça-feira) – 18h30-21h00

02 Dezembro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

07 Dezembro (terça-feira) – 18h30-21h00

09 Dezembro (quinta-feira) – 18h30-21h00

 

14 Dezembro (terça-feira) – 18h30-21h00

16 Dezembro (quinta-feira) – 18h30-21h00

As restantes 20 horas serão distribuídas da seguinte forma:

  • 15 horas para trabalhos feitos pelos alunos entre as horas letivas e
  • 5 horas para encontros individuais com membros do corpo docente.

 

Formação presencial (55 horas)

Os 10 encontros presenciais têm a seguinte previsão de realização:

 

14 Janeiro (sexta-feira) – 18h30-22h30

15 Janeiro (sábado) – 09h30-13h00 e 14h00-17h30

 

28 Janeiro (sexta-feira) – 18h30-22h30

29 Janeiro (sábado) – 09h30-13h00 e 14h00-17h30

 

11 Fevereiro (sexta-feira) – 18h30-22h30

12 Fevereiro (sábado) – 09h30-13h00 e 14h00-17h30

 

04 Março (sexta-feira) – 18h30-22h30

05 Março (sábado) – 09h30-13h00 e 14h00-17h30

 

18 Março (sexta-feira) – 18h30-22h30

19 Março (sábado) – 09h30-13h00 e 14h00-17h30

 

Local da formação presencial

Lisboa – Olaias

Porto – Av. Fernão de Magalhães

Nota: Para se abrir uma turma em cada cidade são necessários 4 ou mais alunos.

 

 

Valor de inscrição referente às 130 horas de formação

Total de €1150,00 (Mil cento e cinquenta euros), que inclui candidatura, matrícula, frequência da formação, manuais e certificado.

Pagamento da taxa de inscrição no valor de €100,00 aquando da comunicação de admissão ao curso.

restante pagamento do curso pode ser efetuado em três (3) prestações:

1.ª Prestação: € 350,00 até ao dia 05 de Outubro de 2021;

2.ª Prestação: € 350,00 até ao dia 15 de Novembro de 2021;

3.ª Prestação: € 350,00  até ao dia 17 de Dezembro de 2021.

 

Descontos aplicáveis:

Pronto pagamento – € 1.035,00

Formandos do IMAP – € 978,00

Nota: Os valores das prestações serão proporcionalmente ajustados em caso de aplicação de desconto.

 

Elementos do Processo de Candidatura

  • Ficha de candidatura/inscrição
  • Carta de apresentação pessoal com as motivações para a frequência da formação (não superior a duas páginas);
  • Curriculum Vitae;
  • Fotocópia simples do certificado de habilitações académicas;
  • Fotocópia simples do certificado do curso de formação em Mediação reconhecido pelo Ministério da Justiça (apenas no caso de o candidato já ter formação em Mediação de Conflitos).

 

Apresentação de Candidaturas (até 15 Setembro)

Pode desde já formalizar a sua candidatura preenchendo a Ficha de candidatura/inscrição

e enviar a restante documentação para info@imap.pt

 

Seleção de Candidatos

Os candidatos serão selecionados pelo Departamento de Formação do Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal (IMAP), mediante a apreciação dos elementos curriculares e realização de uma entrevista (online) de carácter informativo sobre as linhas gerais do programa de formação.

 

Certificados

Os formandos receberão um certificado do curso, desde que frequentem:

90% do total das horas E-Learning

90% do total das horas presenciais

e sejam aprovados na avaliação final.

 

 

Formadores

  • Juan Carlos Vezzulla

Coordenador Científico do Curso – Mediador de Conflitos – Presidente do Conselho Científico do IMAP – Ex Secretário-Geral do Fórum Mundial de Mediação – Coordenador do Conselho Assessor do Fórum Mundial de Mediação e do Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem (CONIMA) – Presidente do Conselho Científico do Instituto de Mediação e Arbitragem do Brasil (IMAB) – Ex Coordenador Científico da Associação de Mediadores de Conflitos – Formador em Meios de Resolução de Conflitos – Formador designado pelo Ministério da Justiça de Portugal para ministrar cursos aos Mediadores Familiares e aos Mediadores dos Julgados de Paz no momento da sua criação – Formador de mediadores na Argentina, Brasil, Alemanha, Chile, Panamá, Paraguai, Portugal, México e Angola.

 

  • Célia Nóbrega Reis

Mediadora de Conflitos – Vice-Presidente da Direção do Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal – Docente Universitária – Advogada – Antiga Diretora da Associação de Mediadores de Conflitos (2002-2005) – Formadora em Mediação de Conflitos – Vogal do Conselho de Ética e Deontologia da Associação de Mediadores de Conflitos – Coordenadora e Orientadora de estágios em Mediação – Conferencista em diversos congressos e seminários sobre Mediação – Mediadora dos Serviços de Mediação Laboral do Ministério da Justiça – Mediadora dos Serviços de Mediação Familiar do Ministério da Justiça – Mediadora em Diversos Julgados de Paz – Coordenadora do Projeto de Mediação com Reclusos em parceria com a Associação “O Companheiro”.

 

  • Pedro Morais Martins

Mediador de Conflitos – Professor Universitário – Jurista – Consultor externo na área dos recursos humanos – Presidente do Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal – Ex Presidente da Associação de Mediadores de Conflitos (2002-2005) – Formador em Mediação de Conflitos – Orientador de estágios em Mediação – Mediador dos Serviços de Mediação Laboral do Ministério da Justiça – Mediador dos Serviços de Mediação Familiar do Ministério da Justiça – Mediador em Diversos Julgados de Paz – Mediador do Centro de Mediação e Arbitragem do Sector Automóvel – Conferencista em diversos congressos e seminários sobre Mediação – Membro Associado do Forum Mundial de Mediação e do European Forum for Restorative Justice – Ex Coordenador dos Serviços de Mediação do Julgado de Paz de Lisboa – Editor da página de internet do IMAP – Coordenador dos Projetos de Mediação Escolar no Agrupamento de Escolas de Fernando Pessoa e no Agrupamento de escolas de Marvila.

  • Diana Rua

Licenciada em Serviço Social pela Universidade de Trás os Montes e Alto Douro – Certificada em Mediação de Conflitos no âmbito dos Julgados de Paz e Especialização em Mediação Familiar pelo Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal – Mediadora de conflitos inscrita nas listas da DGPJ – Assistente Social na Força Aérea Portuguesa.

  • João Chumbinho (participação nas aulas presenciais)

Juiz de Paz, Coordenador do Julgado de Paz de Lisboa – Formador em Julgados de Paz, Mediação e em Conciliação em várias entidades – Advogado (com inscrição suspensa) – Mestre em Direito e em Ciência Política e doutorando em Direito – Principais obras publicadas: Os Julgados de Paz e a Prática Processual Civil e A Constituição e a Independência dos Tribunais.

  • Outros mediadores podem ser convidados pela instituição promotora da formação.

 

Organização/Informações

IMAP – Instituto de Mediação e Arbitragem de Portugal

Tel. 91 058 37 53 (Paula Matos)

Correio Electrónico: info@imap.pt